Artigos

RESULTADO ENEM 2017 - 30 MELHORES ALUNOS - INEP

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o ENEM, muito preocupado com as distorções que vinham acontecendo por conta do ranqueamento das escolas, a partir do Enem de 2013 passou a divulgar os dados chamados de contextuais, que servem de apoio para análise das famílias, diferenciando os resultados artificiais daqueles obtidos pelo trabalho, empenho, dedicação e pela competência na formação dos alunos.

1. Condição socioeconômica dos alunos de cada escola.

O nível socioeconômico dos estudantes foi divulgado pelo segundo ano consecutivo no resultado do Enem 2014 por escola. Ele mede o nível socioeconômico das famílias dos alunos de cada escola. O governo federal divide os alunos e as escolas de acordo com sete níveis socioeconômicos diferentes.

Segundo os especialistas, a renda familiar influencia no rendimento escolar porque os filhos de pais com maior renda têm mais acesso a cultura e à educação infantil mais cedo.

 2. 30 melhores alunos de cada escola.

A média dos trinta melhores alunos de cada escola procura corrigir uma injusta distorção que, nas comparações, muito prejudicava as escolas com maior número de alunos.

Segundo o Presidente do INEP, Chico Soares, "Isso viabiliza uma comparação mais equilibrada entre escolas de diferentes tamanhos".

 3. Taxa de permanência.

Na edição 2014, pela primeira vez, o Inep divulgou, junto com a nota das provas do Enem, o índice de permanência dos estudantes nas escolas. Esse indicador pretende mostrar se os estudantes matriculados na escola e que fizeram o Enem 2014 estudaram naquela escola durante todo o ensino médio. Considerando as dez notas mais altas, os dados mostram que em metade das escolas menos de um quinto dos alunos do terceiro ano do ensino médio eram antigos, ou seja, estudaram naquele colégio durante todo o ensino médio.

Isso quer dizer que pelo menos 80% fez os dois primeiros anos em outras instituições. Segundo o presidente do Inep, Chico Soares, o fato de tantos estudantes serem selecionados para cursar o terceiro ano naquela escola pode causar equívocos, já que o rendimento deles no Enem 2014 não é apenas fruto da educação recebida em apenas uma escola. "Essa informação é importante para que a sociedade conheça quais são as escolas que realmente ajudam seus alunos a melhorarem, que oferecem educação de qualidade durante todo o ensino médio, e quais são aquelas que, simplesmente, selecionam alguns para cursarem apenas o terceiro ano", disse ele.

O Colégio Salesiano São Gonçalo é o 1º lugar em MT na taxa de permanência com um indice de 80% ou mais de permanência dos seus alunos, ou seja, os nossos resultados são frutos de muito trabalho e dedicação.

fonte dos dados para download (microdados)
INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira